Vozes do fronte: Considerações sobre o irromper da covid-19 na Itália

R$16,99

Coleção:

O artigo do filósofo Giorgio Agamben publicado pelo jornal Il Manifesto em fevereiro deste ano, no irromper da Covid-19 na Itália, é o fio condutor desta seleta de textos de diversos veículos da imprensa italiana, que traz vozes favoráveis e contrárias à leitura que Agamben faz o estado de exceção instituído, considerando-o uma urgência imotivada.

No entanto, mais do que apenas debater o perigo ínsito de que essa imposição da limitação da liberdade dos cidadãos possa se tornar um instrumento governamental normal, Vozes do fronte apresenta um panorama amplo de discussões que, embora concentradas no âmbito italiano, perpassa questões relativas a economia, saúde mental, xenofobia assim como ao legado da pandemia para as relações humanas no mundo todo.

Davide Grasso
Donatella di Cesare
Donatella Di Cesare é professora de Filosofia Teorética na Univerisade La Sapienza em Roma. Dela a Âyiné publicou Terror e modernidade.
Elettra Stimilli
Giorgio Agamben
Nasceu em Roma em 1942, foi professor de filosofia teorética no Istituto Universitario di Architettura di Venezia (IUAV), foi diretor do Collège International de Philosophie de Paris. Com a publicação de Homo Sacer (Einaudi, 1995) deu uma nova direção ao pensamento político contemporâneo.
Jonnefer Barbosa
Massimo Cacciari
Nasceu em Veneza em 1944, é professor emérito da Faculdade de Filosofia da Universidade San Raffaele de Milão. É autor de numerosos ensaios filosóficos; entre os que mais marcaram a disciplina estão 'Krisis' (Feltrinelli, Milano, 1976), 'Dallo Steinhof' (Adelphi, Milano, 1980), 'Drama y duelo' (Tecnos, Madrid, 1989), 'Drân. Méridiens de la décision' (L’Eclat, Paris, 1992) 'Dell’inizio' (Adelphi, Milano, 1990), 'L’arcipelago' (Adelphi, Milano, 1997).
Raffaele Alberto Ventura
Vinícius Nicastro Honesko
Ano de publicação

2020

Atualizando…