Editora Âyiné Editora Âyiné

Marina Tsvetáeva

Marina Tsvetáeva

(1892–1941) cresceu em anos de prodigioso florescimento da poesia russa. Estreou, ainda jovem, com os versos de Álbum da tarde (1910). E já antes da revolução, havia publicado outras coleções de líricas. Exilada  a partir de 1922, primeiro em Boemia e depois em Paris, decidiu voltar à Rússia em 1939. Dois anos depois morreria suicida em Elabuga.